Ultramaratona Aquática em Nazaré Paulista fomenta esporte, turismo e consciência ambiental

Publicado em 16/03/2018
Imagem do Artigo Ultramaratona Aquática em Nazaré Paulista fomenta esporte, turismo e consciência ambiental

Foto: Matheus Zica

Depois de explorar novos percursos em ilhas paradisíacas e tornar a prática da natação em águas abertas mais acessível com provas seguras e diferenciadas, o projeto Desafios e Travessias Aquaman dá mais um passo importante em sua jornada. No dia 15 de abril o Ultra Aquaman leva os fãs da maratona aquática para uma travessia inédita de 17 quilômetros na Represa Atibainha, em Nazaré Paulista, que há alguns anos sofreu com a grave estiagem no sistema Cantareira.

“O Aquaman sempre teve em sua base levar ao conhecimento geral a importância da preservação do meio ambiente, especialmente a água, recurso ameaçado nos dias de hoje. Por isso a escolha de Nazaré Paulista é tão importante. Após enfrentar a pior seca de sua história em 2014, 2015, o local voltou a ser propício para passeios náuticos, prática esportiva, pesca e, claro, abastecimento de água”, conta Samir Barel, um dos idealizadores do projeto.

Outro benefício que o desafio traz é fomentar o ecoturismo, incentivando o contato da sociedade com a natureza. “Acreditamos que a maratona aquática pode contribuir de forma positiva, diferente e motivadora para os amantes da natação em águas abertas conhecerem o patrimônio natural e histórico brasileiro. Assim, buscamos não apenas uma travessia mas proporcionar uma experiência única, aproveitando as vantagens da prática esportiva ao ar livre para conhecer novos lugares junto com amigos e familiares. É esse espírito agregador que faz o projeto ser tão especial”, ressalta Marcos Campos.

O Projeto

O Travessias e Desafios AQUAMAN é um projeto desbravador, desenvolvido e executado pelos nadadores Marcos Campos e Samir Barel com dois grandes pilares: primeiro, os Desafios Individuais que consistem em travessias oceânicas ou fluviais, em locais de importância histórica, natural e cultural dando mais visibilidade para a modalidade; segundo, as Travessias coletivas, que incentivam a participação de atletas de todas as idades e níveis técnicos, do iniciante ao mais experiente, tornado a maratona aquática cada vez mais acessível, contribuindo assim para o seu desenvolvimento.

Em 2014, a dupla se tornou a primeira a realizar a Volta à Ilha Anchieta nadando. No ano seguinte, concluiu a Volta à Ilha do Mel e no segundo semestre deu o pontapé inicial promovendo a Travessia Camburi – Ilha dos Gatos, que contou com a participação de 500 pessoas. Em 2016 foi a vez Marcos Campos apreciar o belíssimo trajeto “Do Leme ao Pontal” e mais de 600 pessoas participarem do Aquaman – Cocanha, em Caraguatatuba, que contou com as distâncias de 1,5k e 7k. Na temporada passada, Marcos e Samir enfrentaram um percurso de 42k de Florianópolis até Porto Belo.

A dupla segue empenhada em percorrer “Todas as àguas”, descobrindo percursos inéditos de norte a sul do Brasil e abrindo caminhos para que os amantes maratona aquática possam realizar futuras travessias, seja nos 17 estados banhados pelo oceano Atlântico, seja no interior do país que concentra as maiores reservas de água doce do planeta.

As inscrições custam R$ 260,00 e estão abertas em www.desafiosaquaman.com.brMas atenção, as vagas são limitadas!

Publicidade

Avianca

Publicidade - TV ABRAJET

Publicidade