Grupo Rio Quente assume a operação de Costa do Sauípe Resorts

Publicado em 03/01/2018
Imagem do Artigo Grupo Rio Quente assume a operação de Costa do Sauípe Resorts

Foto: Divulgação 

O Grupo Rio Quente comunica o início da operação do empreendimento Costa do Sauípe, localizado em Mata de São João (BA), a partir de 2/1. Após anunciar a aquisição de R$ 140,5 milhões com recursos próprios em novembro de 2017 e ter a aprovação do Cade no último mês – sem restrições, o início das operações marca a estratégia do Grupo para se tornar um gigante no segmento de resorts no Brasil.

A integração será um processo de 90 a 180 dias, a depender das áreas estratégicas, para que, ao dobrar de tamanho e se tornar um dos maiores grupos nacionais do segmento, o Rio Quente possa oferecer ao turista duas opções de complexos de lazer e convenções: uma de praia, na Bahia, e outra de campo, em Goiás.

A integração se dará de maneira gradativa e cuidadosa por uma equipe liderada por 25 executivos do Grupo. A operação de Costa do Sauípe será mantida para garantir a excelência do atendimento a todos os hóspedes na temporada de verão 2018, inclusive no mesmo regime (all inclusive).  Nesta integração já está previsto a construção do Centro de Produção de Alimentos (CPDA), que conta com um investimento de aproximadamente R$ 20 milhões, com obras previstas para 2019 e funcionamento para 2020.

Para Francisco Costa Neto, CEO do Grupo Rio Quente, todos os detalhes desta integração são partes de uma campanha maior para valorizar a união e a cultura que, consequentemente, refletem no desempenho financeiro positivo e otimista. “Com a consolidação dos dois complexos, estamos caminhando para atingir uma receita bruta superior a R$ 600 milhões em 2018. A projeção de Capex entre 2017 e 2020 é de R$ 900 milhões. Além dos números positivos, queremos ser referência em entretenimento e garantir a experiência dos nossos clientes”, comenta o executivo.

Novos planos

Com a junção das operações, o Grupo passa a administrar 12 hotéis e 5 pousadas, que somam mais de 2.700 apartamentos, 1,9 milhão de hóspedes  visitantes/ano, 4 mil colaboradores e 29 mil membros nos programas de férias compartilhadas dos dois complexos.

O Grupo usará sua expertise na administração de hotéis e dos três parques que já possui no Rio Quente – Hot Park, Parque das Fontes e Eko Adventure Park – para implementar ações de Estratégia e Inovação em Sauípe. Para esta área, estão previstos investimentos na ordem de R$ 1,5 milhão em projetos de inovação para as duas unidades; e R$ 3,5 milhões de Capex em 2018.

A gestão otimizada de diversas áreas irá permitir uma economia na ordem de R$ 20 milhões/ano ao unificar as áreas BackOffice, eficiência operacional e renegociação de grandes contratos.

E, sobre a unidade de férias compartilhadas – Rio Quente Vacation Ownershio -, a estratégia é crescer 10% em receita de vendas em RQ e somando Sauípe, 25%. Neste segmento em que a operação do Grupo Rio Quente já está consolidada, o crescimento se dará por meio dos canais de inovação como Mini-Vac, Sales Opportunities Center (televendas) e Itinerantes. Os membros do RQVC e Sauípe Club serão comunicados, em breve, sobre como realizar o intercâmbio entre as propriedades e suas vantagens.

Publicidade

Avianca

Publicidade - TV ABRAJET

Publicidade